Home >> Especiais >> Obras de Arte >> Obra de Arte 03

 

A BELA DEBAIXO DA ÁRVORE

 

 

 

O quadro A Bela Debaixo da Árvore, uma das obras-primas da coleção do Mestre Jinsai, também correu perigo de ser levado para o exterior. Ele fazia par com o quadro intitulado O Homem Debaixo da Árvore, o qual fora adquirido pelo Estado, e passara a fazer parte do acervo do Museu Nacional de Tóquio. Desde a antigüidade ambos eram conhecidos como pinturas representativas do encontro do homem e da mulher. No verão de 1952, quando A Bela sob a Árvore ainda não havia sido qualificada como Importante Patrimônio Cultural, Mayuyama Junkiti, proprietário da Loja Ryussen, levou-a à Comissão de Preservação do Patrimônio Cultural, solicitando que o Estado a comprasse. Entretanto, dadas as condições da época, a negociação não foi possível. Sem outra alternativa, Mayuyama levou o quadro para o Mestre Jinsai, em Hakone, e explicou-lhe que se tratava de uma pintura de costumes feita na Dinastia T'ang da China, constituindo uma obra-prima de elevado valor cultural. Acrescentou que, em outros países, havia pessoas querendo adquiri-la, existindo, portanto, perigo de que ela fosse levada para fora do Japão. Em face disso, ele pedia que o Mestre Jinsai a comprasse, e este resolveu fazê-lo imediatamente, pelo preço que lhe foi oferecido: 5 milhões e 500 mil ienes. Depois de algum tempo, o acontecimento foi noticiado, com grande destaque, no jornal Tokyo Hibi, chegando ao conhecimento de toda a sociedade.

 

A Bela Debaixo da Árvore.

Dinastia T'ang (618 - 907)

Dimensões: 139,1 X 53,3 cm

China

É uma obra trazida da Ásia Central no fim da época Meiji, pela expedição enviada pelo grão-mestre Ohtani Kohzui, patriarca do Templo Nishi Hongan-ji. Acredita-se que o desenho tenha sido encontrado no antigo túmulo Karakhoya, na proximidade de Turfan. A composição em cor marrom de uma figura embaixo de uma árvore, com pedras, é vista freqüentemente nas pinturas das paredes internas dos túmulos dos séculos VIII e IX, recentemente descobertos na China. Imagina-se, por isso, que era popular naquela época. A cor e o delineamento são simples, transmitindo o estilo artístico da região de Turfan, que recebeu influência da Dinastia T'ang. Pode-se observar também a variedade de costumes e hábitos do século IX, o auge da Dinastia T'ang, através da vestimenta, do penteado, dos enfeites no cabelo, maquilagem, etc. É um trabalho de alto valor, feito em folha de papel daquele período, conservado até agora.

 

O Homem Debaixo da Árvore

Dinastia T'ang (618 - 907)

Dimensões: 140,0 cm X 54,9 cm

China

 

 

 

Imprimir

Jinsai.org - Vida e Obra do Mestre Jinsai

 

Copyright © Todos os direitos reservados