Home >> Ensinamentos >> Religião

 

FESTIVAL MIROKU

 

 

Com imensa alegria a Kyuusei-Kyo realiza pela primeira vez o Festival Miroku.

Entre a morte de Gautama* há 2.600 anos atrás e a de Cristo há 2.000, existe um período de 600 anos. Isto significa que foram 2.600 anos de preparação.

Gautama era vertical e Cristo horizontal. Unindo o vertical e o horizontal, torna-se a atividade de Deus. Também por isto eles devem se unir.

Por ser Cristo horizontal, expandiu; o budismo, por ser vertical, não.

O Messias, na época do Juizo Final, realiza a salvação.

Na época de Cristo as pessoas discutiam se Jesus era ou não o Messias. Alguns diziam que sim outros que não.

Todos carregamos pecados e podemos dizer que temos uma cruz esperando por nós.  Até hoje havia este debate, mas agora ficará claro. O Templo Messiânico estará pronto sem falta para o Festival Miroku do ano que vem. Ele terá 1.500 lugares.

É um grande projeto sob a Administração Divina. Anteontem os EUA …. Nos EUA será em grande escala. Nuvens auspiciosas apontam em direção dos EUA.

*Buda

 

Anotação taquigráfica, não-publicado, 05 de março de 1950

Traduzido pela equipe do Jinsai.org

 

Finalmente estamos a um passo da verdadeira doutrina da salvação e por isto, pela primeira vez, realizamos o Festival Miroku. Trata-se de uma comemoração anual com três dias de duração a ser realizada nos dias 5, 6 e 7 do mês 03 (março). Este festival é, na verdade, motivo de imensa alegria.

Este dia do Festival é especialmente importante, e pensar sobre o seu significado traz à tona uma enxurrada de emoções. Foi no dia do Setsubun (03 de fevereiro) de 1928 que passei a me dedicar exclusivamente à Obra Divina, dando início às suas atividades. E hoje vejo que já se passaram 23 anos. Durante estes 23 anos foram estabelecidos os alicerces, e agora, finalmente, podemos realizar a construção propriamente dita, salvando cada habitante do mundo das garras da decadência; esta é a forma da verdadeira salvação que se inicia. É como se até agora estivéssemos nos preparando no camarim, mas uma vez que a preparação está completa, é como se a peça passasse a se desenrolar cena a cena.

Embora até hoje existam divergências no Ocidente, devo dizer que existe uma profunda relação entre o Cristianismo e o Messias. Tais divergências se devem ao nível do intelecto atual que ainda não permite sondar este difícil mistério.

Mesmo eu ainda não me intitulo como Messias, nem como a Segunda Vinda de Cristo, pois Deus me proíbe de fazê-lo. Como os assuntos referentes à vinda do Messias são muito sensíveis, caso anunciasse isto publicamente, viriam pessoas do mundo todo, tornando impossível de se trabalhar.

Hoje iniciamos uma nova etapa: passamos a objetivar a salvação do mundo, o que é um grande empreendimento. Por isto, como verão, passarei a atuar de forma verdadeira, e então vocês poderão compreender. O nome Kyuusei-Kyo foi escolhido por causa disto.

Podemos dizer ser algo singular, pois todas as coisas que aconteceram no mundo culminam neste dia. Como sabemos, a maioria das religiões existentes até agora se limitava ao trabalho de salvação, e naturalmente todos os santos realizaram este tipo de trabalho; o Cristianismo é um exemplo disto. A partir de hoje passamos ao trabalho de construção; é como se os santos renascecessem, tendo sido salvos de suas maiores aflições. Isto leva a muitas questões, as quais pretendo esclarecer. Como acredito que qualquer pessoa bem informada há de concordar, devo dizer, sem reservas, que a força das religiões atuais é fútil, e por esta razão se tornaram uma instituição secundária. Uma vez que o poder da religião se esvaneceu, não há o que fazer senão fazer nascer uma ultra-religião.

As religiões fazem com que sejam lidos os escritos de seu fundador, como a Bíblia, os Sutras e o Corão, para que despertem a alma do homem por meio da escrita. É, portanto, um esforço individual. Isto significa que até agora a força humana não era suficiente, e por isto os Ensinamentos eram necessários; em outras palavras, o ser humano não era capaz de manifestar o incrível Poder Divino. Contudo, é difícil para uma pessoa usar um poder tão puro como o de Deus. De qualquer forma, os santos são supervisionados por Deus Supremo, conhecido como Jeová, que manifesta um poder absoluto. Certamente os santos têm se esforçado, mas agora Deus manifestará Sua força. Isto acontecerá unicamente durante a preparação do Paraíso Terrestre. Por analogia, a leitura dos livros com ensinamentos é o equivalente no mundo ao camarim. Portanto, conforme o tempo avança, haverá grandes mudanças enquanto o Paraíso é estabelecido conforme o ideal de Deus se materializa.

Estes são os fundamentos e derivam de um profundo conhecimento. Por isto,  pela primeira vez, a participação na Obra Divina irá requerer pessoal qualificado.

 

Jornal Kyussei Nº 53, 11 de março de 1950

Traduzido pela equipe do Jinsai.org

Imprimir

 


Jinsai.org - Vida e Obra do Mestre Jinsai

 

Copyright © Todos os direitos reservados