Home >> Ensinamentos >> Johrei

 

O QUE É O ESTADO LIGEIRAMENTE FEBRIL

 

 

Provavelmente não há ninguém que não apresente um pouco de febre, mas muitas pessoas nem têm consciência disso. Esse estado ligeiramente febril exerce uma forte influência sobre o homem. Vejamos.

O indivíduo sente dor e peso na cabeça, sua capacidade de concentração diminui, torna-se disperso, sua memória enfraquece, não faz nada com afinco, tudo lhe parece difícil, sente o corpo pesado e por qualquer coisa vai para a cama. Além disso, quase não tem apetite, mostra muitas preferências e restrições em matéria de comida, toma muito líquido e irrita-se com facilidade. Como nada lhe vai bem, passa a encarar as coisas com pessimismo. A histeria também é motivada pela febre branda. Essas pessoas são passivas em tudo, preferem o tempo chuvoso ao tempo bom, contraem gripe com freqüência, ficam com o nariz entupido, ouvem zumbidos, suas amígdalas inflamam facilmente, perdem o fôlego ao subir ladeiras ou quando andam rápido, e suas pernas ficam pesadas. Em rápida análise, esse é o quadro que se apresenta, e que não é nada desprezível.

Com tudo o que dissemos, é fácil deduzir que tais indivíduos não se dão bem com os amigos. Aliás, não se dão bem com ninguém, nem com os próprios familiares. No lar, isso se reflete no mau relacionamento entre o casal e entre pais e filhos. Eles tentam impor seus pontos de vista, agem de maneira egoísta e ainda procuram apresentar razões para a sua conduta. A justificativa mais alegada é o liberalismo. Como acham desagradável a vida no lar, facilmente abandonam a família. Ultimamente muitos rapazes e moças têm fugido de casa, e a explicação deve ser a que estamos expondo. Os casos mais trágicos acabam em suicídio coletivo da família.

E não fica por aí. No tocante ao convívio social, muitas pessoas procuram justificativas egoístas para suas condutas e dessa forma criam desarmonia ao seu redor, discutem por motivos insignificantes e brigam sem nenhuma necessidade. Tudo isso é causado pelo excesso de egocentrismo. Parece que tais ocorrências são freqüentes entre os políticos. Mesmo nas associações, em caso de discussão de determinado assunto, há muito falatório, levando-se um tempo enorme para chegar-se a um acordo. Parece que as pessoas não conseguem perceber a causa desses fatos e também não têm interesse nisso.

Numa sociedade complicada como a que acabamos de mencionar, as criaturas estão crivadas de problemas e, logicamente, procuram fugir dos aborrecimentos. Aí vem a bebida. Deve ser por essa razão que, por mais que esta suba de preço, seu consumo não diminui. Além disso, na ânsia de fugir dos problemas, as pessoas acabam procurando diversões que lhes proporcionem fortes estímulos. Os jovens procuram cabarés, discotecas, fliperamas, etc. Os indivíduos de mais idade, desde que tenham algumas posses, procuram refúgio em concubinas ou em relacionamentos de caráter leviano. Assim é que, no mundo atual, proliferam diversões insanas.

Se a origem de um quadro tão sombrio, conforme dissemos, é o estado ligeiramente febril que as pessoas normalmente apresentam, não há nada mais temível que esse estado. Mas qual é a causa da febre? São as toxinas medicinais, as quais se encontram solidificadas em vários pontos do corpo, determinando um processo brando de purificação. Para eliminá-la de verdade, não há absolutamente nada a não ser o JOHREI. À medida que aumentam os fiéis de nossa Igreja, tende a desaparecer o quadro sombrio que descrevemos, não havendo, portanto, a menor dúvida de que surgirá uma sociedade extremamente agradável. Esta é justamente a imagem do Paraíso Terrestre.

 

5 de setembro de 1951


Imprimir

 


Jinsai.org - Vida e Obra do Mestre Jinsai

 

Copyright © Todos os direitos reservados