Home >> Ensinamentos >> Johrei

 

MEDICINA ESPIRITUAL

 

 

Mostrei, sob diversos ângulos, que a Era do Dia é o mundo em que o espírito precede a matéria. Aplicando isso ao corpo humano, as toxinas — causa de todas as doenças — são matérias acumuladas no corpo físico. Mas, nesse caso, como se encontra o corpo espiritual da pessoa? Nos locais do corpo espiritual correspondentes às regiões onde se encontram as toxinas, estão as máculas. Quando se procura anular as toxinas promovendo apenas a sua eliminação do corpo físico, isso terá um efeito temporário; com o passar do tempo, elas surgirão novamente, de acordo com a Lei do Espírito Precede a Matéria. Assim, para eliminá-las radicalmente, devemos eliminar as máculas do corpo espiritual.

Como todos os métodos utilizados até agora basearam-se unicamente na eliminação das toxinas ou então na sua solidificação, tomando apenas o corpo como objeto do tratamento, é óbvio que eles propiciassem uma cura passageira, mas jamais a cura radical, o que está bem caracterizado pelo uso da palavra recaída. Conforme já explanei, os métodos empregados pela Medicina são dois: a solidificação e a remoção cirúrgica. Entre as formas populares de tratamento existe a solidificação por meio de banhos de luz ou eletricidade e a queima através da moxa, método este que consiste em queimar determinados pontos para concentrar neles o pus e eliminá-lo. O nosso Johrei, todavia, fundamenta-se na eliminação das máculas do corpo espiritual. O método consiste em irradiar, pela palma da mão, uma espécie de ondas espirituais, que têm como agente principal o elemento fogo. Por ora, vou chamar essas ondas de raios místicos. Todas as pessoas os possuem em determinada quantidade, ou melhor, esses raios existem em número ilimitado no espaço aéreo do Planeta, isto é, no Mundo Espiritual.

Mas por que será que ninguém descobriu até hoje esse método que consiste na eliminação das máculas através das ondas espirituais? Foi porque, confome já dissemos, era Noite no mundo, ou seja, o mundo estava às escuras. Como luz, existia apenas uma claridade semelhante à da Lua, e por isso era impossível obter-se a força para curar as doenças, ou seja, raios místicos em quantidade suficiente para dissolver as máculas. Não é que eles fossem totalmente nulos, tanto assim que alguns religiosos e ascetas procediam ao tratamento das doenças e até certo ponto tinham êxito. Como é do conhecimento de todos, os fundadores de algumas religiões ganharam considerável fama. Acontece, porém, que o principal componente da luz da Lua é o elemento água, e por essa razão a força para curar as doenças limitava-se a algumas espécies ou a efeitos temporários. Como elemento água, essa luz é de natureza fria, e por isso é um tratamento solidificador. No Johrei, entretanto, o principal agente é o elemento fogo, capaz de dissolver qualquer toxina solidificada; por conseguinte, ele apresenta efeitos extraordinários. Os principais motivos que me levaram a descobri-lo foram: primeiro, o conhecimento sobre a Transição da Era da Noite para a Era do Dia, e segundo, o conseqüente aumento de partículas do elemento fogo, que, concentrando-os no corpo, produz uma poderosa luz purificadora. Irradiando-a, então, no local afetado, manifesta um efeito extraordinário.

 

Cap. III - Medicina do Amanhã — 23 de outubro de 1943

 

Imprimir

 

Jinsai.org - Vida e Obra do Mestre Jinsai

 

Copyright © Todos os direitos reservados