Home >> Ensinamentos >> Curiosidades

 

O FRUTO PROIBIDO E O JARDIM DO ÉDEN

 

 

Perguntan: Gostaria de saber o que é o "fruto proibido" a que se refere a Bíblia.

Meishu-Sama: Isto é uma lenda, não dá para dizer exatamente o que é. Existem muitas parábolas na Bíblia. Eu acho que é o remédio. A humanidade se tornou extremamente infeliz quando passou a tomar remédios. Os remédios criaram doenças e as doenças fizeram com que se criassem remédios.

 

Sem data

Pergunta: No Cristianismo diz-se que quando Adão e Eva comeram o fruto proibido, cometeram o que se conhece por "pecado original", eu gostaria de saber o significado disto. Além disto, gostaria de saber como devemos compreender o pecado original. Peço sua instrução.

Meishu-Sama: Isto é algo que não dá para se saber exatamente. Na minha interpretação o fruto proibido é o remédio. Quando ingerimos remédios surgem as doenças. Então, acabamos precisando ingerir remédios novamente. Em nossa religião essa parábola casa perfeitamente com esse raciocínio. No Cristianismo fala-se do Jardim do Éden, mas não dá para saber se existiu mesmo esse lugar.

Sem data

Traduzido pela Equipe do Jinsai.org

 

OBSERVAÇÃO: O AUTOR DA PÁGINA EM JAPONÊS PEDIU PARA QUE SE COLOCASSE ABAIXO A EXPLICAÇÃO QUE MEISHU-SAMA FEZ NO CRIAÇÃO DA CIVILIZAÇÃO: O SURGIMENTO DO MAL E AS DOENÇAS.

"O episódio do fruto proibido mencionado no Livro da Gênesis do Antigo Testamento Trata-se, evidentemente, de uma metáfora, pois a história de Adão e Eva no Jardim do Éden oculta um profundo mistério. Este será pouco a pouco esclarecido. Antes, porém, é preciso que o leitor faça de sua mente uma tabula rasa, pois, caso contrário, não poderá entender.

O Mal, como se sabe, surgiu ao ser comido o fruto da árvore. O fruto proibido são os remédios. Através dos remédios criaram-se as doenças. E através das doenças nasceu o Mal. Ao saber que o fruto proibido é uma alusão aos remédios, não haverá quem não se espante, pois, muito antes da Era Cristã, a humanidade começou a usar remédios com o fim de curar enfermidades. A razão disto, que está além da imaginação, terá de ser exaustivamente explicada, por meio da teoria e de fatos concretos. Leia-a, portanto, com os olhos bem abertos.

Como já vimos, o ser humano é constituído de espírito e de corpo. Já expliquei o princípio segundo o qual o espírito é o principal e o corpo é secundário. A causa do aparecimento do Mal são as nuvens surgidas no espírito. Por intermédio dessas nuvens, o espírito animal presente desde o início e o espírito animal que se encostou posteriormente, induzem o ser humano a praticar atos animalescos. Tal é a atuação do Mal. Em síntese, as nuvens do espírito são nada mais nada menos do que o Mal. Claro está, portanto, que para erradicar o Mal é preciso dissolver as nuvens do corpo espiritual. O grande problema é que as nuvens foram causadas pelos medicamentos. As nuvens do corpo espiritual constituem um reflexo da impureza do sangue. O sangue impuro foi criado pelos remédios. Se o ser humano não usasse remédios, o Mal não teria surgido. Compreendido isto, pode-se saber que o fruto proibido, ou seja, o remédio, é a base para o surgimento do Mal.

Há mais um ponto importante. Os medicamentos que produziram o Mal para impulsionar o progresso da cultura vieram desempenhar outro grande papel, como veremos a seguir."

Copyright (C) 2014 www.jinsai.org Este documento é uma tradução livre: você pode distribuí-lo ou modificá-lo nos termos da GNU Free Documentation License publicado pela Free Software Foundation. Este documento é distribuído com a intenção de ser útil mas SEM QUALQUER GARANTIA; sem mesmo a garantia implícita de fidelidade ao texto original. Para mais detalhes, veja http://www.gnu.org/licenses

Imprimir

 


Jinsai.org - Vida e Obra do Mestre Jinsai

 

Copyright © Todos os direitos reservados